Você está aqui: Início > Media > Comunicados > Terra de Esperança quer plantar 500 mil árvores para reflorestar Portugal
     
  fechar
partilhar
 
fechar
 

Terra de Esperança quer plantar 500 mil árvores para reflorestar Portugal  

  • 20 Nov 2017
  • Institucional
 

Terra de Esperança quer plantar 500 mil árvores para reflorestar Portugal

  • ANEFA e Galp associam-se para plantar 500 mil árvores numa área superior à de 600 campos de futebol
  • Cerca de 500 voluntários darão na próxima quinta-feira o pontapé de saída com a plantação de mais de 5.000 castanheiros e carvalhos numa área de sete hectares da Serra do Açor
  • Terra de Esperança responde à necessidade urgente de reflorestar o País e envolver os portugueses nesta causa nacional.

A Serra do Açor verá esta semana os seus primeiros sete hectares a reflorescer na zona que foi devas-tada pelos incêndios no último verão. Aqui, serão plantadas mais de cinco mil árvores, numa ação de voluntariado ambiental que junta colaboradores, parceiros, clientes e fornecedores da Galp.
Esta iniciativa enquadra-se no movimento Terra de Esperança que resulta da parceria estabelecida entre a empresa de energia e a ANEFA-Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente, para responder à necessidade urgente de reflorestar o País. A Galp financiou 500 mil árvores e uma plataforma que permitirá à ANEFA dar uma nova dinâmica a ações de voluntariado que ajudem as zonas que arderam nos dois últimos anos a virarem a página.
“A nossa floresta está prestes a colapsar. Os incêndios dos últimos anos devastaram o País e é urgente reflorestar,” afirma Pedro Serra Ramos, presidente da ANEFA. “É com enorme alegria que vemos em-presas e a sociedade civil associarem-se a esta causa e a ajudarem-nos a elevar a nossa missão para um novo patamar.”
“Foi com grande sentido de missão que abraçámos esta parceria. Não podíamos deixar de fazer parte do movimento de esperança de que o País necessita e que merece,” diz Joana Garoupa, diretora de Marketing e Comunicação da Galp. “No desenvolvimento deste projeto – que não se esgota aqui – de-parámo-nos com realidades e vivências que nos tocam profundamente. Estamos convictos que pode-mos, com este movimento, criar a energia necessária para dar alento às populações que foram direta-mente atingidas por esta tragédia, mas também contagiar todos os portugueses para juntos trabalhar-mos nesta causa comum.”
O Terra de Esperança está disponível para todos os que queiram participar. Basta aceder a www.anefa.pt e inscrever-se como voluntário. Será posteriormente contactado para participar numa ação de plantação na zona que indicar.
Para além do Terra de Esperança, a Galp, através dos seus distribuidores locais, está a desenvolver uma iniciativa com 17 Municípios – Arganil, Carregal do Sal, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Nelas, Oliveira de Frades, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Pedrogão Grande, Penacova, Pi-nhel, Santa Comba Dão, Seia, Tábua, Tondela, Sever do Vouga, Vouzela – assegurando a colocação de uma árvore de Natal nas praças destas cidades, homenageando de forma simbólica todas as vítimas deste verão e levando uma luz de esperança nesta época natalícia.


Sobre a ANEFA
A ANEFA foi constituída em junho de 1989, então com a designação de Associação Nacional de Empreiteiros Florestais e Agrícolas, aglutinando micro e pequenas empresas de prestação de serviços, quer em nome individual quer coletivo. Nesta primeira fase, assumiam particular destaque as empre-as de empreiteiros e de alugadores de máquinas sobretudo ligadas às operações de arborização e construção e beneficiação de infraestruturas agrárias. A ANEFA representa um universo de micro, pequenas e médias empresas de serviços, com um volume de emprego correspondente a cerca de 9.000 postos de trabalho permanente e um volume de negócios anual superior a 500 milhões de eu-ros.
Há mais de uma década criou o projecto ProNatura, cujo objectivo passa por rearborizar e intervir em áreas ardidas e ou degradadas, tendo realizado acções em mais de 50 concelhos do país e plantado cerca de 820.000 árvores.


Sobre a Galp
A Galp é uma empresa de energia de base portuguesa, de capital aberto com presença internacional. As nossas atividades abrangem todas as fases da cadeia de valor do setor energético, da prospeção e extração de petróleo e gás natural, a partir de reservatórios situados quilómetros abaixo da superfície marítima, até ao desenvolvimento de soluções energéticas eficientes e ambientalmente sustentáveis para os nossos clientes – sejam grandes indústrias que procuram aumentar a sua competitividade, ou consumidores individuais que buscam as soluções mais flexíveis para as suas casas e necessidades de mobilidade. Contribuímos ainda para o desenvolvimento económico dos 11 países em que operamos e para o progresso social das comunidades que nos acolhem. A Galp emprega 6.475 pessoas.

 

Descarregue aqui a imagem Terra de Esperança

Fotografia da sede da Galp aqui. Créditos Banco Digital da Galp..

 

« voltar


 
= igual a