fechar
partilhar
 
fechar
 

Moçambique 
 

A Galp Energia desenvolve ações de apoio social às populações locais com a preocupação de contribuir para o desenvolvimento do território, para a melhoria das condições de vida e para a segurança alimentar, muitas vezes ameaçada com as condições climáticas adversas

Com este objetivo foi semeada uma área de 35 hectares de girassol onde se obteve uma produção de cerca de 14 toneladas de alimentos que se destinaram à produção de óleo alimentar para a população local. No período de maior carência alimentar, foram ainda distribuídos cerca de uma tonelada de farinha de milho, para os trabalhadores e famílias, como complemento salarial, produzidos localmente. Estas iniciativas abrangem cerca de 200 trabalhadores e respetivas famílias.

 

A Galp Energia tem em curso a criação de uma rede de fomento, com incidência distrital, prosseguindo o objetivo de complementar a sua produção própria com produções asseguradas com pequenos agricultores locais. Tirando partido dessa rede de contactos e dos meios disponibilizados para a sua implementação, foi realizada uma associação com as autoridades distritais de agricultura para a distribuição de 1,4 toneladas de semente certificada de girassol para o desenvolvimento de agricultura familiar.

 

A Galp Energia tem desde início uma orientação clara de proteção dos seus trabalhadores e famílias da insegurança alimentar, sendo regra a plantação de áreas específicas para a produção de produtos alimentares em consociação com os seus trabalhadores que habitam na envolvência do projeto. Assim, ao longo de 2010 foi plantada uma área de cerca 80 hectares de milho, cujas sementes moídas constituem a base da alimentação da população local.

 

As acentuadas dificuldades decorrentes de condições climáticas adversas que se registaram nos anos de 2009 e 2010, apenas permitiram colher e armazenar cerca de 17 toneladas de milho, inteiramente disponibilizada para a população rural que colabora com o projeto, a preço não especulativo, sempre inferior ou igual ao praticado no comércio local.

 

A Galp Energia, numa ação conjunta com a Unidade de Desenvolvimento de Biocombustíveis, iniciou em 2010 o apoio ao projeto ESMABAMA, liderado pelos Padres Combonianos, com o fornecimento de 1.200 litros/ano de combustível, permitindo melhorar a autonomia desta instituição de relevante importância para Moçambique.

 

Este projeto nas escolas das quatro missões situadas na área de influência dos nossos projetos, atendem um total de mais de 6.500 alunos, dos quais mais de três mil são internos nos lares de cada missão, onde os alunos recebem, além do ensino, atendimento de saúde e formação para lidar com animais de pequeno porte e cultivo de hortícolas.

Ações de desenvolvimento e melhoria de infraestruturas sociais e formação

  • Reconstrução e ampliação da Escola Primária 1 de Junho (na povoação da Companhia do Búzi), que possibilitou, a cerca de mil crianças da região, o acesso a instalações adequadas ao seu desenvolvimento pedagógico;
  • Financiamento de 35 computadores de secretária e um projetor multimédia para a sala de informática da Escola Secundária Eduardo Mondlane (no Chimoio). Em colaboração com a Fundação Microsoft, os mais de 3 mil alunos desta Escola de Ensino Secundário dispõem agora de acesso privilegiado a novas tecnologias de comunicação;
  • Instalação de uma Estação Meteorológica Automática nas instalações da Galp Energia em Moçambique, para apoio à condução das plantações em curso (um sistema de registo e disponibilização online das principais variáveis meteorológicas que permite veicular essa informação pelo Instituto de Gestão de Calamidades e pelo Instituto Nacional de Meteorologia, conduzindo a uma melhoria da capacidade previsional de calamidades por estas autoridades);
  • Assinatura de Protocolo com a Escola de Ensino Técnico-Profissional Agrário do Chimoio, que visa promover o aumento do conhecimento e a troca de experiências de natureza técnico – profissional sobre a cultura da Jatropha e dos biocombustíveis em geral. No âmbito do referido protocolo, foram concedidos estágios a alunos finalistas e organizadas palestras;
  • Atribuição de bolsas de estudo através do Memorando de Entendimento com a Universidade Eduardo Mondlane


Atualizado em: 01 Mar 2012

Ação Galp Energia

+ informação »
 
= igual a