Você está aqui: Início > Sobre nós > Fundação Galp Energia > Atividades da Fundação
     
  fechar
partilhar
 
fechar
 

Atividades da Fundação  
 

Fundação Galp Energia

Para  cumprir a sua missão social, a Fundação Galp Energia, complementarmente ao lançamento de iniciativas próprias, tem estabelecido protocolos e parcerias com diversas instituições tendo em vista a cooperação nos seus domínios de atuação – Desenvolvimento Social, Energia e Ambiente e Cultura

Ao longo do tempo, têm sido várias as entidades com quem a Fundação Galp Energia tem partilhado a sua “energia positiva” através do apoio, organização e desenvolvimento de projetos, acontecimentos e iniciativas não deixando, contudo, de procurar permanentemente novos desafios com o propósito de estreitar a sua relação com a sociedade.

 

Atualmente, a Fundação Galp Energia, procura consolidar  o trabalho já iniciado, sempre com o objetivo de contribuir ativamente, e na justa medida das suas possibilidades, para  a construção de um futuro mais sustentável, positivo e solidário.

 

Campanhas

Campanha Energia Solidária - Doações

A Fundação Galp Energia, em parceria com a Comercialização Retalho da Unidade de Negócio Gas&Power – Galp Energia, no âmbito dos serviços Galp Comfort – serviços exclusivos para clientes de gás natural – dá continuidade em 2013 à campanha Energia Solidária, com vista à doação de diversos tipos de equipamentos gasodomésticos (fogões, placas, esquentadores e caldeiras) a IPSS’s carenciadas dos distritos de Lisboa e Setúbal. 

 

 

EPIS – Empresários pela Inclusão Social

A Fundação Galp Energia é, desde 2009, associada da EPIS – Empresários pela Inclusão Social – acompanhando e contribuindo para a sua atividade de combate ao abandono e insucesso escolares, com base numa metodologia inédita em Portugal de capacitação de jovens e suas famílias, através do trabalho desenvolvido por  uma rede alargada de mediadores profissionais. 

 

  

Associação Bagos d’Ouro

A Fundação Galp Energia é Parceira “Videira d’Ouro” da Associação Bagos d’Ouro tendo apoiado a publicação e lançamento da primeira e segunda edições do seu livro de receitas que juntou 54 prestigiados chefes em Portugal num movimento de solidariedade.

O livro está disponível em várias garrafeiras e restaurantes do país, nas principais lojas do Modelo e do Continente, no Espaço Bertrand e em vários postos de abastecimento da Galp Energia. A venda reverte 100% a favor da Associação Bagos d’Ouro.
O objetivo da Associação é acompanhar crianças da região até à sua maioridade, assumindo com dignidade os casos de risco em total coordenação com o seu seio familiar e meio envolvente. Na prática, pretende garantir a cada criança a escolaridade obrigatória, proporcionando uma melhor ocupação dos seus tempos livres e atividades lúdicas próprias da sua idade, para que possam sentir-se, de fato, crianças.

 

Aliança para a Prevenção Rodoviária

A Aliança para a Prevenção Rodoviária é um programa plurianual multi-stakeholder que tem como missão mobilizar a sociedade em torno da problemática da Segurança e Prevenção Rodoviária, coordenando e criando condições para a investigação, sensibilização e ação com vista à melhoria do comportamento dos condutores no trânsito.

A par da Galp Energia, da Direcção-Geral de Saúde, da Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária e da Sair da Casca, a Fundação Galp Energia é membro da Direção deste projeto, tendo financiado o maior e mais completo estudo, nos últimos 10 anos sobre as atitudes e comportamentos declarados dos portugueses face à sinistralidade rodoviária (desenvolvido com o parceiro académico ISCTE-IUL). Os resultados deste estudo foram apresentados aos parceiros e servirão, no decorrer do ano de 2013, de base ao desenvolvimento de um plano de ações plurianual, a implementar pelos cerca de 50 parceiros da aliança, que visem a diminuição da sinistralidade rodoviária.

 

 

IMC - Instituto dos Museus e da Conservação

Protocolo com o IMC - Instituto dos Museus e da Conservação no âmbito da preservação do Património Nacional – que contemplou o restauro integral e a reconstituição histórica da Sala D. João VI, do Palácio Nacional da Ajuda, enquadrada nas Comemorações dos 200 Anos da Viagem da Família Real para o Brasil. Foi, aliás neste espaço que, em outubro de 2009, a Fundação Galp Energia foi oficialmente apresentada ao público.

 

  

 Saiba mais sobre a reconstituição histórica da Sala D. João VI.

 

Após a recuperação integral das pinturas murais, decorreu, ao longo de 2012, a intervenção de restauro do teto que entretanto foi concluída. Em 2013 realiza-se o restauro dos três grandes lustres que ornamentam a sala a ter lugar no período em que decorre a exposição  da artista plástica Joana Vasconcelos.

 

Casa da Música

Após dois anos de Mecenato ao Ciclo de Jazz Galp, a Fundação Galp Energia assumiu em 2012 o papel de Parceiro do Serviço Educativo da Casa da Música. Este projeto mais amplo de apoio à cultura musical centra-se na componente didática do convívio com a arte musical. Com um programa de reconhecido mérito nacional e internacional, o Serviço Educativo proporciona, a todos os públicos, experiências que levam à descoberta da música como universo de prazer e conhecimento, de realização pessoal e comunicação com o outro.
 

Saiba mais sobre o apoio da FGE, em 2010 e 2011, ao Ciclo Jazz Galp

Saiba mais sobre o apoio da FGE, apartir de 2012, ao Serviço Educativo.

 

Leilão Solidário Art on Chairs

No âmbito da iniciativa Duets/Art on Chairs, promovida pelo Município de Paredes no final de 2012, foram desafiados onze artistas nacionais a desenharem cadeiras únicas para onze individualidades de comprovado mérito em diversas áreas da sociedade. A Fundação Galp Energia participou neste evento ao licitar a cadeira criada pelo designer Paulo Lobo, a qual teve por inspiração a figura do Professor Aníbal Cavaco Silva.

Esta ação permitiu que a Fundação colaborasse numa iniciativa inovadora de exploração de sinergias entre as artes/design e a solidariedade, apoiando, simultaneamente, o trabalho do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados  (ACNUR), entidade para a qual reverteram os fundos angariados.
Já em 2013, a Fundação Galp Energia fez a doação da cadeira licitada ao Museu da Presidência da República numa cerimónia simples que contou com a presença do Sr. Presidente da República, do Presidente da CM de Paredes e de membros do Conselho de Administração da Fundação Galp Energia.

 

Coleção de Livros de História da Galp Energia

Com o objetivo de divulgar a história do Grupo Galp Energia e os marcos mais importantes da sua atividade que influenciaram, à sua escala, o país, a Fundação Galp Energia lançou, no final de 2011, o primeiro livro de uma coleção de livros de História da empresa, intitulado O Nosso Tempo que retrata toda a história da Galp Energia, remontando às origens em 1846, com a constituição da Companhia Lisbonense d’Iluminação a Gaz. 

 

A coleção será composta por 6 edições:

 

       • “O Nosso Tempo – Uma história da Galp Energia”: editado em 2011;

       • “A história da refinação em Portugal”: editado no final de 2012;

       • História da privatização do Grupo Galp Energia: Encontra-se em

         curso o trabalho de investigação em 2013;

       • História sobre o gás: edição em curso em 2013.

       • História da marca: a editar; 

       • História sobre Exploração e Produção: a editar.

 

Conheça o resumo do livro  "O Nosso Tempo" da Coleção aqui.
Conheça o resumo do livro "A História da Refinação em Portugal" da Coleção aqui.

 

Vidas Galp

Iniciado em 2004, o projeto “Vidas Galp” tem como objetivo principal o resgate da história da empresa através do testemunho dos seus protagonistas – os colaboradores. O “Vidas Galp” é, desde 2009, apoiado pela Fundação Galp Energia.

Os trabalhos de registo de testemunhos em áudio e em vídeo, a recolha de fotografias, documentos antigos, vídeos institucionais e publicitários e brochuras prosseguem enriquecendo o acervo histórico já existente. Parte deste acervo encontra-se disponível no Museu Virtual, na plataforma eletrónica http://vidas.galpenergia.com permitindo à comunidade em geral tomar contacto com a identidade, cultura e história da Galp Energia. Ainda pela consciência da importância da preservação e divulgação da memória histórica no âmbito do setor da energia, a Fundação dedica-se não só à recolha, catalogação e recuperação do espólio industrial documental e fotográfico, mas também de peças e objetos históricos.

  

Fundação Mário Soares

Parceria Fundação Mário Soares – Biblioteca e Arquivo para recuperação do espólio documental da Galp Energia através de inventariação, descrição, catalogação e tratamento para fins de aproveitamento museológico dos elementos documentais do património industrial e comercial do grupo Galp Energia. 

 

Ponte pedonal e ciclável sobre a 2ª Circular

Teve início no mês de Abril de 2013 o arranque dos trabalhos de construção da ponte pedonal e ciclável que atravessará a 2ª circular, ligando as Torres de Lisboa à ciclovia que passa por Telheiras, também ela construída e doada pela Fundação Galp Energia à cidade de Lisboa.

O projeto desta ponte, da autoria de Telmo Cruz e Maximina Almeida, da MTX, foi eleito através do concurso lançado pela Fundação Galp Energia em parceria com a Experimentadesign ’09, sob o lema “Pontes para um futuro mais positivo”. A responsabilidade da execução do projeto é do Eng. António Adão da Fonseca ligado a obras tão determinantes como a Ponte Vasco da Gama, o Oceanário de Lisboa ou a Casa da Música, no Porto.

O projeto da Fundação Galp Energia que deu origem à construção da ciclovia Quinta da Granja – Entrecampos e, agora, à materialização da Ponte pedonal sobre a 2ª circular, está enquadrado no plano de mobilidade e “Estrutura Ecológica de Lisboa – Plano Verde” da Câmara Municipal de Lisboa, tendo tido início em 2009 com o principal objetivo de promover formas alternativas de mobilidade urbana, assentes em valores de sustentabilidade.

Conheça a exposição virtual do projeto aqui.

Concurso Mais Energia

 

No sentido de estreitar a sua relação com a comunidade científica nacional, a Fundação Galp Energia associou-se à Sociedade Portuguesa de Física tendo lançado, no final de 2011, o "Concurso “Mais Energia”. Este concurso teve como objetivo premiar os melhores trabalhos de alunos e jovens investigadores do Ensino Superior na área da conversão e gestão de Energia, e as melhores abordagens ao tema feitas em sala de aula por professores do ensino secundário.

Os trabalhos submetidos a concurso foram analisados e selecionados pelo júri - composto por reconhecidas personalidades da comunidade científica e académica e por especialistas na área da energia – tendo sido apurados os vencedores e entregues os respetivos prémios monetários no início de 2013.

Inauguração das Ciclovias Benfica / Telheiras e Jardim do Campo Grande 

 

Ciclovias da Fundação Galp Energia em Lisboa já são uma realidade

Enquadrado no protocolo que a Fundação Galp Energia estabeleceu com a Câmara Municipal de Lisboa (CML) em 2009, este projeto insere-se no âmbito do plano de mobilidade e “Estrutura Ecológica de Lisboa – Plano Verde” da CML, que visa promover formas de mobilidade mais sustentável na cidade. Além de uma ponte ciclável sobre a 2ª Circular, as iniciativas da responsabilidade da Fundação Galp Energia incluem duas outras obras que lhe são complementares: a construção do percurso ciclável entre Benfica (Quinta da Granja) e Telheiras e a repavimentação da pista ciclável do Jardim do Campo Grande.
Estes dois percursos, que se encontram unidos e abrangem uma extensão ciclável contínua de 8,8 Km, encontram-se concluídos e equipados com diversos totens informativos e com ilhas ar/água para o enchimento de pneus e apoio aos ciclistas em tudo semelhantes às que existem em qualquer estação de serviço da Galp Energia. Estes equipamentos foram inaugurados no dia 17 de setembro de 2011, num grande passeio de bicicleta, promovido no âmbito das iniciativas do Verde Movimento Alfacinha para esse fim de semana, que marcaram o arranque da Semana Europeia da Mobilidade. A concentração dos ciclistas deu-se pelas 9h30 no Jardim Amália Rodrigues (no topo do Parque Eduardo VII).
Com o apoio da Fundação Galp Energia, o Verde Movimento Alfacinha animou a cidade de Lisboa com inúmeras iniciativas ao longo desses dois dias. Consulte aqui o programa para mais informações. 
 

Entidade do Mês

 Iniciativa promovida pela Fundação Galp Energia com o objetivo de dar destaque e divulgar na sua página de internet e junto do universo de colaboradores da Galp Energia o trabalho desenvolvido e formas de ajudar entidades do terceiro sector selecionadas de entre as candidaturas recebidas mensalmente. A Entidade do Mês foi uma iniciativa que decorreu entre Abril de 2011 e Junho de 2013 tendo abrangido 35 entidades. Conheça aqui as Entidades do Mês que estiveram em destaque.

 

 

Projeto de Preparação Paralímpica – Londres 2012

O desempenho da seleção paralímpica portuguesa tem sido um forte contributo para captar a atenção da opinião pública para a realidade do desporto adaptado em Portugal, não só para as conquistas que tem alcançado, mas sobretudo para as grandes necessidades e dificuldades que enfrenta. O apoio da Fundação Galp Energia ao Comité Paralímpico de Portugal, materializado através de um protocolo a 4 anos (2009 a 2012), teve como objetivo, no seu todo, a mobilização da sociedade para o apoio e reconhecimento do Movimento Paralímpico, a promoção de novas modalidades, a captação de novos praticantes e proporcionar aos atletas paralímpicos os meios e as condições de que necessitam para a sua preparação desportiva. 

 

 

Ciclovia Telheiras – Benfica e Jardim do Campo Grande

Inauguradas em Setembro de 2011, estas ciclovias resultam de um Protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Lisboa. Este projeto surge com o intuito de sensibilizar a população, apoiar a preservação do ambiente e, simultaneamente, promover a saúde e o desporto na comunidade. O troço, que se situa em zona residencial perto de escolas e escritórios, tem uma utilização potencial vasta e permite esperar circulações quotidianas casa-trabalho mas também de lazer, ligando parques e jardins. 

 

 

Associação Raríssimas

Apoio à “Raríssimas” entre 2009 e 2011 – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras na construção da “Casa dos Marcos”. Este espaço pretende vir a ser um Centro de Competência/ Referência na área clínica, social e educativa das Doenças Raras, com atividades ocupacionais para jovens/adultos e uma help-line de informação e assistência a familiares e técnicos de saúde 24 horas por dia.

 

 

 

100 Mecenas Unidos pela Diabetes

 A Fundação Galp Energia foi Mecenas de Ouro entre 2009 e 2011 da campanha 100 Mecenas Unidos pela Diabetes, desenvolvida pela Fundação Ernesto Roma e pela Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, com o objetivo de viabilizar a Escola da Diabetes Ernesto Roma, que se destina à formação de profissionais de saúde e doentes, para que, no seu dia-a-dia, saibam lidar com a Diabetes e com as formas de tratamento desta doença crónica.

 

 

Projeto Eco Escolas

 

Esta parceria plurianual com a ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa), que decorreu entre 2009 a 2011, teve como finalidade contribuir para a educação ambiental de crianças e jovens. O projeto envolveu a criação de um portal na Internet especialmente dedicado à comunidade escolar – a “Escola da Energia Galp” e o lançamento de concursos para trabalhos escolares sobre temas como a utilização da energia, a eficiência energética, a

mobilidade sustentável e as alterações climáticas, sempre numa perspetiva de promover a alteração de comportamentos.

 

Escola da Energia

 

 

Escola da Energia 2010/2011

 

Visite o site da Escola da Energia aqui

 

 

 

Universidade de Lisboa

A Universidade Portuguesa teve a sua origem em Lisboa em 1288-1290, e só foi transferida definitivamente para Coimbra em 1537. A atual Universidade de Lisboa foi criada por decreto de 22 de março de 1911, reunindo os vários estudos superiores reaparecidos na capital durante o século XIX.
A Fundação Galp Energia associou-se às comemorações do primeiro centenário da Universidade de Lisboa, que se assinalou em 2011, apoiando, neste sentido, as iniciativas desenvolvidas ao longo de todo o ano. 

  

 

Universidade do Porto

2011 marcou igualmente o aniversário do primeiro centenário da Universidade do Porto. Com efeito,  22 março de 1911 é a data que os livros e arquivos de História assinalam como o primeiro dia da vida da Universidade do Porto. Contudo, as raízes da instituição remontam ao século XVIII e a uma combinação de experiências formativas que viria a projetar-se na futura Universidade. O primeiro embrião do Ensino Superior no Porto data de 1762; desde esse foco seminal, foram muitos os momentos que marcaram a vida da Universidade, com natural destaque para a criação das 14 faculdades que coabitam hoje no campus.
 Ciente da vitalidade e importância da Universidade do Porto na sociedade portuguesa, a Fundação Galp Energia apoiou as comemorações do primeiro centenário da histórica universidade portuense.

 
 

Exposição de Fotografia – Olhares na Natureza

A Fundação Galp Energia apoiou e promoveu a exposição de fotografia de Francisco Calado intitulada “Olhares na Natureza”. A exposição contou com trinta fotografias que retratam a perspetiva pessoal que Francisco Calado tem da natureza através da sua objetiva.

Com fotografias de rara beleza e extraordinária qualidade, a exposição decorreu em Lisboa, na sala polivalente da torre A, entre 16 e 27 de maio de 2011.

  
 

 

IASI – International Institute for Asian Studies and Interchange

Mecenato ao IASI – International Institute for Asian Studies and Interchange, com vista à promoção e apoio financeiro ao projeto “Arquivo e Biblioteca Timor-Leste”. Este projeto, que decorreu entre 2009 e 2011,consistiu, designadamente, na organização, catalogação, digitalização e atualização, de diferentes materiais e documentação diversa sobre Timor-Leste, Indonésia e a Região, a fim de, no prazo de 10 anos, este acervo poder ser transferido para Timor-Leste.

 

 

Engraxadores de Rua

A Fundação Galp Energia promoveu os “Engraxadores de Rua”, uma iniciativa da associação “CAIS” de combate à pobreza e exclusão social no âmbito do projeto “Capacitar Hoje”.
A CAIS tem como missão contribuir para a melhoria das condições de vida das pessoas sem-abrigo e daquelas que, não sendo sem-abrigo, se encontram em situação de privação, exclusão ou risco. Fundada em 1994, atua, sobretudo, nos distritos de Lisboa e Porto, pese embora tenha colaborações com instituições de todo o território nacional. A sua atividade teve início com o lançamento de uma revista vendida por pessoas sem-abrigo, cujas vendas revertem em 70% para os vendedores.
Durante todas as manhãs de quarta-feira do mês de maio de 2011 o Sr. Sérgio Pimentel esteve na entrada principal da Torre A, em Lisboa, disponibilizando os seus serviços de engraxador, estando já planeadas novas datas para esta iniciativa. O preço deste serviço reverteu inteiramente a favor do Sr. Sérgio Pimentel.

 

 

Desafio do Coração

A Fundação Galp Energia apoiou em 2011 o Desafio do Coração, uma iniciativa da Fundação Portuguesa de Cardiologia para promover um estilo de vida saudável.

O Desafio do Coração decorreu no Estádio Universitário de Lisboa, entre os dias 12 e 14 de maio, das 10h às 18h, composto por um passeio orientado durante o qual todos os participantes puderam visitar diversas estações que apelam à prática de estilos de vida saudáveis. Durante o percurso foram feitas as avaliações dos principais fatores de risco para a sua saúde, como a tensão arterial, o nível de colesterol total, o índice de massa corporal, o perímetro abdominal, entre outros parâmetros. A Fundação Galp Energia associou-se a este evento através da sua divulgação e presenteando os participantes com diversos brindes.

 

 

Projeto M@rbis-NATURA 2000

 Reconhecendo a importância do desenvolvimento de ações de conservação e promoção da biodiversidade, a Fundação Galp Energia apoiou entre 2009 e 2010 a implementação do Projeto M@rbis-NATURA 2000 – Sistema de Informação para a Biodiversidade Marinha, aprovado no âmbito do Plano de Ação da Comissão Interministerial para os Assuntos do Mar (2008/2020).
 Este projeto visa a organização e sistematização da informação científica existente sobre a biodiversidade marinha dos oceanos sob jurisdição Nacional, incluindo a criação de um sistema de informação integrado sobre a biodiversidade marinha, bases de dados e uma rede de partilha de informação entre instituições.

 

 

Museu do Douro

Apoio mecenático ao Museu do Douro, entre 2009 e 2010, com vista à preservação do património cultural e natural Duriense, ao desempenho de um papel ativo no desenvolvimento sócio-cultural da Região Demarcada do Douro e ao desenvolvimento da investigação sobre a Região e o seu património.

 

 

 

 

Exposição “Pontes para um Futuro Mais Positivo”

O Palácio Quintela, no Chiado, em Lisboa, acolheu de 17 de setembro a 17 de outubro de 2010 a exposição Pontes Para Um Futuro Mais Positivo, 54 propostas para uma ponte pedonal e ciclável sobre a 2ª circular em Lisboa. Estes projetos resultaram do Concurso Internacional de Ideias lançado em julho de 2009 pela Fundação Galp Energia em parceria com a EXD’09 – Experimenta Design 2009 –, que desafiou arquitetos e engenheiros a projetar um novo equipamento para a cidade.

Possibilitando a travessia da 2ª circular em bicicleta, esta ponte constituirá um estímulo à mobilidade urbana sustentável bem como um legado para Lisboa e seus habitantes. Refletindo preocupações ambientais ligadas à eficiência energética, os projetos teriam de ser sustentáveis ao nível de execução e manutenção, sendo valorizada a utilização de materiais inovadores, bem como a inserção urbana e enquadramento paisagístico.

A exposição Pontes para um Futuro mais Positivo apresenta, através de maquetas e painéis, grande parte dos projetos submetidos a concurso por arquitetos e ateliers de vários países, dos quais se encontram representados Bangladesh, Brasil, Bélgica, Espanha, Índia, Itália, Israel, Jordânia, Macau, Portugal, Reino Unido e Tunísia.

 

 

Experimenta Design '09

Associação à Experimenta Design 09 – Sendo o slogan “It’s about time” o fio condutor da bienal, a Fundação Galp Energia decidiu apostar em ações que também perdurassem no tempo, não se centrando apenas numa intervenção expositiva e institucional.
 “It’s about time to be positive” foi o conceito criado pela Fundação Galp Energia para dinamizar na Experimenta Design duas iniciativas que reforçam a ligação da Fundação Galp Energia ao mundo das artes e do design, contribuindo igualmente para promover a eficiência energética e a sustentabilidade ambiental, ou seja, através da disponibilização de bicicletas - Bikeshare e do lançamento do concurso para o projeto intitulado “Pontes para um futuro mais positivo”. Confira mais abaixo a informação sobre este concurso.

 

 

Concurso “Pontes para um futuro mais positivo”

Concurso “Pontes para um futuro mais positivo” lançado aquando da realização da Experimenta Design 09 – direcionado aos profissionais de arquitetura e engenharia portugueses e estrangeiros para projetarem um novo equipamento de mobilidade sustentável em Lisboa. O desenvolvimento deste concurso teve como objetivo a futura construção de uma ponte ciclável e pedonal sobre a 2ª Circular, visando facilitar a travessia de bicicletas e peões e, ao mesmo tempo, potenciar a circulação urbana de reduzido impacto ambiental, sendo, adicionalmente, um legado para a capital portuguesa e seus habitantes. Para além da criatividade e engenho demonstrados nas propostas, a avaliação dos projetos incidiu também na capacidade dos candidatos em incorporarem soluções de eficiência energética, bem como a sustentabilidade dos materiais selecionados. 

 

 

Bikeshare

Na continuação da forte aposta da Fundação Galp Energia em sensibilizar a comunidade para o tema ambiental e promover a mobilidade urbana mais sustentável, a Experimenta Design 09 (Bienal que decorreu entre setembro e novembro de 2009) foi contemplada com 40 bicicletas distribuídas pelos diferentes espaços do evento que estiveram à disposição dos visitantes para se deslocarem gratuitamente na exposição. O conceito de partilha foi igualmente potenciado, dado que 20 dessas bicicletas eram de 2 lugares. As referidas bicicletas foram previamente alvo de uma intervenção artística exclusiva por jovens designers selecionados do Instituto de Artes e Design (IADE), numa tentativa de aproximação do meio universitário à realidade empresarial.

 

 

Concurso de ideias de Mobilidade Sustentável

Concurso de ideias de Mobilidade Sustentável desenvolvido em parceria com o MAOTDR – Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, e a APA – Agência Portuguesa do Ambiente em conjunto com as Autarquias a nível Nacional lançado em 2009. O concurso sob o tema "Ideias para o ar por um projeto para ficar" destinou-se a premiar o projeto de medida permanente que, de forma mais eficiente, promovesse uma melhoria da qualidade atmosférica da(s) cidade(s), explorando a questão da mobilidade urbana numa vertente de sustentabilidade. A votação on-line entretanto efetuada premiou a autarquia de Almada com o projeto “Bicla Tejo”, um percurso pedonal e ciclável que liga a Trafaria e a Costa da Caparica, com articulação entre a ligação fluvial Belém - Trafaria e o corredor da ciclovia.


 

Museu Virtual vidas Galp

Museu Virtual vidas GalpEm 2004, iniciou-se um longo processo de recolha das memórias dos protagonistas do desenvolvimento da empresa, ou seja, os colaboradores (reformados ou ativos).
Procura-se partilhar neste espaço vivências, opiniões, sentimentos registados em áudio e em vídeo contextualizados por um significativa investigação histórica.
Veja mais.

 

 

  

 
= igual a